sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Previsões para 2014 - parte 3 - Júpiter e Saturno




Quando pensamos em previsões astrológicas, os planetas mais importantes são sem dúvida Júpiter e Saturno. São eles que dão o tom dos principais acontecimentos e da energia predominante de um determinado ano. Esse artigo se dedica a falar das movimentações de Júpiter e Saturno ao longo de 2014. O ciclo mais importante em astrologia mundial é o formado entre Júpiter e Saturno. Neste momento, estamos em um ciclo iniciado no ano de 2000, quando então júpiter e Saturno formaram uma conjunção aos 22° de touro. Em 2010-11 vivemos a oposição entre Júpiter e Saturno no eixo Áries/Libra, e entramos assim na metade minguante do ciclo. Neste momento, estamos no trígono minguante entre Júpiter e Saturno, que se dá de forma exata com júpiter em Câncer e Saturno em Escorpião.   Isso a despeito de toda a tensão enfrentada por Júpiter, sinaliza um momento de estabilização e é uma ferradura de sorte neste cenário de conflitos, quadraturas & imprevistos que marcam o primeiro semestre. Através da tolerância e do perdão muita coisa será atenuada , mas esse trígono não tem poder suficiente, especialmente porque Júpiter está em um signo de que detesta saturno. Júpiter faz esse trígono, mas é como se Júpiter estivesse de "má vontade".

Dois contatos exatos entre Júpiter e Saturno (em trígono) já ocorreram em 2013 e em 2014 viveremos o último no dia 24 de maio aos 18° de Câncer/Escorpião. Depois disso, em julho, Júpiter muda de signo indo pra Leão enquanto saturno permanece em escorpião. Júpiter se aproxima então da quadratura com saturno, que não se completa porque júpiter fica retrógrado aos 22° de leão no começo de dezembro e saturno muda pra sagitário em 23 de dezembro. Este segundo semestre seria então uma espécie de transição que nos prepara para a quadratura Júpiter/Saturno que vai marcar o período de 2015 a 2016, e que se dará com Júpiter em Virgem e Saturno em Sagitário. Estamos quase chegando ao fim da fase cheia do ciclo taurino e nos aproximando da fase minguante, que marcará os últimos 5 anos desta década; Vejamos agora individualmente as movimentações de júpiter e de Saturno.


 Os trânsitos de Júpiter em 2014



Júpiter será o grande responsável por fazer com que  2014 seja dividido em dois momentos absolutamente distintos. O primeiro e o segundo semestres serão completamente diferentes. Fato é que ao longo de todo o ano Júpiter estará dignificado, o que é excelente: indica que as oportunidades neste ano são mais confiáveis. Mas a diferença nos momentos nem se deve tanto ao fato de Júpiter mudar de signo exatamente no meio do ano: É que  durante o primeiro semestre, a relação de Júpiter com a maioria dos planetas lentos será muito tensa, com exceção de saturno, com quem Júpiter faz um trígono. No segundo semestre as coisas mudam bastante, Júpiter entra em harmonia constante com Urano em Áries (chegando a integrar um auspicioso grande trígono no elemento fogo durante o mês de outubro) e passa a se aproximar de uma quadratura com Júpiter (que não chega a perfeição devido  ao início do movimento de retrogradação de Júpiter).


Júpiter em Câncer




Câncer é a exaltação de Júpiter e nesse sentido, ainda que sob forte tensão ele oferece uma energia favorável de proteção, crescimento e sorte. Atua como protetor durante os momentos de tensão e favorece às ligações intimas, reconciliações com pessoas que foram importantes no passado e revisitação de locais de importância emocional. A expansão e as oportunidades aparecem de forma discreta, porém muito consistente. Aqui temos que nos voltar para as pessoas que amamos e que fazem parte  do nosso círculo mais íntimo: é a partir dessa direção que tendem a surgir as oportunidades. Um artigo sobre Júpiter em Câncer foi escrito neste site:




Basicamente, o primeiro semestre será um momento favorável para a maioria das pessoas que tem muitos planetas importantes em signos de Água e terra, a despeito das tensões. Será benéfico especialmente para virginianos, piscianos, taurinos e escorpianos. Capricornianos e Cancerianos recebem proteção para encarar as tensões simbolizadas por Marte em libra, Plutão em Capricórnio e Urano em Áries. Cancerianos certamente terão um ano muito fértil mas precisarão de coragem pra resistir ao impulso de se esconder em sua toca. Arianos e Librianos são os mais vulneráveis a tensões porque estarão em atrito também com Júpiter em Câncer, especialmente os do segundo decanato. 


Júpiter em Leão



Com a entrada de Júpiter em leão no dia 16 de julho as coisas mudam sensivelmente, especialmente em função do fim das tensões a que Júpiter se submetia enquanto transitava o signo de Câncer. Em Leão, porém, Júpiter perde a dignidade de exaltação, mas ganha uma dignidade menor, a triplicidade. A triplicidade noturna do elemento fogo é regida por Júpiter. Certamente o otimismo e a autoconfiança passarão a contagiar o ambiente. Leão quer que expressemos o que temos de melhor, Júpiter em Leão é um excelente motivador que foca sempre no que existe de positivo. Pra se aproveitar as oportunidades numa época de Júpiter em leão, é necessário coragem, integridade e confiança em si mesmo. Pensar grande e não ter medo de ser desafiado a mostrar suas qualidades e talentos. Quem prefere ficar nos bastidores certamente passará a se sentir mais desconfortável com esse trânsito, porque Leão é o signo da exposição e essa as vezes pode acontecer contra a nossa vontade.

Nesse sentido, apesar de não haver contato exato entre Júpiter e Saturno, veremos que Júpiter vai se aproximar de uma quadratura com Saturno em Escorpião o que em si marca o segundo semestre com um conflito básico: A necessidade de proteção e discrição, de segredo, de manutenção da privacidade que encontramos com Saturno em Escorpião versus a necessidade de se exibir, de ser e de brilhar de Júpiter em Leão. Por mais que os dois planetas não se toquem essas energias se cruzam e a soma delas produz uma "reação astral" das mais tensas porque Escorpião e Leão são signos que formam contra-antiscion. É o conflito que existe entre o dia e a noite, entre o subterrâneo e o que fica exposto nos palcos. Vivemos um conflito muito parecido no ano de 2006, com Saturno em Leão e Júpiter em Escorpião. O que ocorre agora é uma inversão: Saturno em Escorpião e Júpiter em Leão. Em 2006 Saturno estava em detrimento e Júpiter peregrino, ambos muito fracos. Agora, Saturno é peregrino e Júpiter está em  triplicidade, o que o torna mais forte. Além disso, Júpiter odeia saturno porque está no detrimento daquele planeta! Portanto, o momento pode ser de conflitos extremamente desiguais, onde aqueles que tentam se esconder e se proteger sendo "perseguidos" pelas forças inconvenientemente iluminadoras de Júpiter em leão.

No final do ano e durante o primeiro semestre de 2015, a entrada de Saturno em Sagitário equilibra um pouco a situação porque ao menos os dois planetas estarão em signos que formam  naturalmente um trígono (apesar de este aspecto não ocorrer) com saturno num signo que da domicílio pra Júpiter, apesar de Júpiter continuar no detrimento de Saturno.

Júpiter em Leão é especialmente benéfico para todos os nativos do elemento fogo (Áries, Leão e Sagitário). No caso dos sagitarianos, viverão uma revolução solar com Sol e Júpiter formando uma recepção mútua, coisa que acontece a cada 12 anos (a última vez foi 2002-3). Além disso, toda a movimentação celeste do segundo semestre oferece suporta aos nativos do fogo, indicando que eles estarão em um momento excelente, marcado pelo otimismo, pela autoconfiança e pelo aumento na capacidade de realização bem como uma espécie de sorte que tende a trazer mais oportunidades. Para os nativos do elemento ar (Gêmeos, libra e aquário), o momento é igualmente harmônico mas não tão forte ou auspicioso, havendo necessidade de cultivar as boas relações pra aproveitar melhor as oportunidades. Taurinos e Escorpianos podem entrar numa fase de desequilíbrio financeiro no segundo semestre deste ano, especialmente os taurinos da segunda metade do signo, porque além da quadratura de Júpiter, estarão sob oposição de saturno. Poderão se sentir impelidos a cometer excessos de forma impulsiva em um momento em que deveriam estar cultivando ao máximo a cautela.


Os trânsitos de Saturno em 2014       



Durante 2014, Saturno passará praticamente o tempo inteiro no signo de Escorpião. Haverá uma retrogradação entre o final do verão e o início do inverno por entre os graus que vão de 16° de Escorpião até 23° de Escorpião. Depois disso Saturno segue até o final de Escorpião e nos últimos dias do ano ocorre uma mudança de signo, com saturno indo pra Sagitário. Vale lembrar que este não é o fim do trânsito de Saturno por Escorpião, porque em 2015 A retrogradação trará Saturno de Sagitário para os últimos graus de Escorpião durante o inverno. Um artigo sobre Saturno em Escorpião já foi escrito em 2012, releia:




Neste ano fica bem claro que a influência de saturno afetará a segunda metade dos signos que fazem algum aspecto com escorpião. Quando eu falo "segunda metade" em relação a um signo, entenda que me refiro a região que vai de 15° a 29° daquele signo. Para a maioria das pessoas que tem ênfase na segunda metade dos signos de água  (câncer, peixes e escorpião) e terra (virgem, capricórnio e touro), será um ano de consolidação de metas e objetivos, muita disciplina, foco e estruturação. Para taurinos e Escorpianos, entretanto, que vivem respectivamente a oposição e a conjunção de saturno, esses efeitos serão observados, porém há a possibilidade de se verem sentindo muito medo ao longo deste período, e é necessário que simplifiquem suas vidas para que não se sobrecarreguem com preocupações. É momento de finalizar coisas iniciadas a 14 anos atrás, fechar ciclos, mas isso não significa que você deve substituir tudo por coisas novas de uma hora pra outra: se não der um tempo, se não houver um pequeno "vazio" em sua vida pra acomodar aquelas finalizações, você pode não conseguir administrar as coisas caso decida dar início a múltiplas atividades. É bem importante ter foco no essencial e cuidar das áreas mais importantes da sua vida, deixando pra apostar em novidades depois.




Aquarianos e leoninos da segunda metade desses signos sentirão o impacto da quadratura de saturno que gera bloqueios e impedimentos e pode levar a estados depressivos se a pessoa não reagir, porque há uma tendência a haver um pouco de inércia na vida durante essas épocas. As coisas parecem que demandam mais esforço que o normal e se não houver paciência isso pode fatalmente se revelar como uma influência depressora. Projetos iniciados a 7 anos atrás podem começar a apresentar problemas sérios e demandam atenção.  Para os outros signos de fogo e ar (Áries, libra, sagitário e gêmeos), saturno não apresenta desafios.     

No final do ano, Saturno deixa a densidade escorpiana e entra em Sagitário. Durante séculos o afélio de saturno esteve em sagitário e este foi o signo por onde saturno sempre se demorou mais. Atualmente (desde o século XIX aproximadamente), o Afélio de Saturno se deslocou para Capricórnio e é entre esses dois signos que experimentamos o fenômeno da lentidão saturnina. É por isso que a passagem de saturno por entre os signos de Gêmeos e Câncer durou apenas 4 anos e meio e a passagem de Saturno por Sagitário e Capricórnio vai durar 6 anos inteirinhos, de dezembro de 2014 a dezembro de 2020! É uma diferença que pode ser melhor observada quando analisamos efemérides heliocêntricas.

Esse fenômeno coloca Saturno e Lua em um paralelo muito interessante: A velocidade que a lua atinge em seu afélio durante um dia é a mesma que saturno atinge no período de um ano. 1 ano no ciclo de saturno equivale a 1 dia no ciclo lunar, e de forma muito simétrica. A lua anda de 14 a 15° quando está em seu perigeu no período de um dia, e saturno anda de 14° a 15° no período de 1 ano quando está em seu periélio. No apogeu lunar, a lua anda cerca de 11° a 12° por dia e saturno , no seu afélio anda cerca de 11° a 12° no período de 1 ano. Semelhança sutil, diferença de velocidades também sutil mas que na prática fazem bastante diferença, especialmente no caso de saturno.    


   


Ao entrar em Sagitário, Saturno ganha uma dignidade menor , a triplicidade participativa.Ele não estará forte, mas também não estará completamente perdido. Além disso, o terceiro decanato de Sagitário é regido por Saturno e neste mesmo decanato Saturno tem seus termos, então no final do signo ele acaba ganhando bastante dignidade, justamente quando está prestes a mudar para seu domicílio. Isso revela um crescendo em termos de força. As triplicidades de saturno são no fogo (participativa) e ar (diurna), o que revela que a expressão saturnina fica otimizada nestes signos em algum nível, mesmo quando ele tem detrimento ou queda. É porque a natureza saturnina é muito fria, e esses elementos são quentes: como ele é maléfico, isso contrabalanceia sua atuação impedindo que ele cause tanta inércia. O período de saturno em sagitário tende a ser mais otimista e positivo, apesar de saturno neste signo trazer à tona características como a intolerância , a prepotência e os pré-conceitos nos mais diversos níveis. Pensar "pequeno" passará a ser considerado pecado mortal. A energia predominante será arrogante e audaciosa. Divergências mínimas de opinião tem potencial de gerar graves polêmicas e de deflagrar conflitos. Discutiremos mais sobre essa nova energia quando ela estiver próxima. O ingresso de Saturno em Sagitário será em 23 de dezembro de 2014.


Comentários
5 Comentários

5 comentários:

Marianna on 23 de dezembro de 2013 14:18 disse...

Júpiter é o planeta mais forte do meu mapa natal e, para ser sincera, nunca observei grandes "bençãos" nos trânsitos jupterianos, nem mesmo quando ele passou pelo meu ascendente em sagitário ou quando ficou conjunto ao meu júpiter em peixes há alguns anos.
Já os trânsitos de saturno são sempre determinantes. Espero que esse trígono de saturno em escorpião com meu regente natal me garanta as oportunidades há tanto tempo almejadas...

Anônimo disse...

Não entendo muito de astrologia, porém acredito firmemente que por ser uma ano regido por Júpiter os Sagitarianos irão ter melhoras em todos os aspectos de suas vidas, principalmente o setor financeiro e a saúde, pois há muitos anos os Sagitarianos estão literalmente comendo o pão que o diabo amassou em provações,dificuldades e carência afetiva. Que todos seja beneficiados pelas generosidades de Júpiter em 2014!

Anônimo disse...

Boua tarde !! Só uma dúvida, a revolução solar do sol e júpiter em leão não seria no próprio signo leonino ? Até pq isso ocorreu a 12 anos atras !! Aguardando resposta !! ;)

Unknown on 19 de junho de 2014 17:44 disse...

Elias, por favor, qual o significado de um transito astrológico do céu coincidir com um natal? Em breve saturno estará em sagitário e eu tenho este planeta neste signo, o que esperar? No meu caso, saturno e jupiter estão em trigono...

Henrique Alves on 24 de setembro de 2014 14:47 disse...

Júpiter em Leão trígono com Urano em Áries. ..
Boas expectativas !!
Sou de leão 2°Decanato ... kkkkkkrsrs
Descreva-me este benéfico aspecto !!

Postar um comentário

 

Mega Astrologia Copyright © 2008-2015