sábado, 14 de dezembro de 2013

Previsões para 2014 - Parte 1 - A Lua e os eclipses



Mais um ano vai chegando ao fim. O ano de 2013 teve como marca fundamental o elemento água e o acirramento das tensões da cruz cardinal no segundo semestre. Já o ano de 2014 será ainda um ano marcado pela força do elemento água mas contará também com o aumento expressivo da influência do elemento fogo especialmente ao longo do segundo semestre. É um ano com direito  a retrogradações de Vênus e Marte (primeiro semestre), Com Mercúrio retrógrado entre signos de água e ar, e com Júpiter passando metade do tempo no signo de Câncer e a outra metade no signo de Leão. A lilith, Apogeu da lua, estará passando pelos signos de Câncer e Leão, tornando principalmente Leão o signo onde a lua passará mais tempo em 2014, com luas em Câncer e Virgem sendo também bastante lentas.

Os eclipses neste ano passarão por uma transição: veremos o nodo norte da lua passando do primeiro decanato de escorpião em seu movimento retrógrado para a segunda metade de Libra. Isso fará com que tenhamos eclipses tanto no eixo Áries/Libra quanto no eixo Touro/Escorpião. Saturno neste ano passará 99% do tempo no signo de Escorpião. Poucos dias antes da virada do ano veremos Saturno ingressando no exuberante Sagitário. Isso promete fazer de 2015 um verdadeiro incêndio, se compararmos com os dois últimos anos, já que haverá uma forte influência do elemento fogo. A quadratura entre Urano e Plutão atingirá seu momento mais dramático com uma cruz bastante abrangente envolvendo vários elementos importantes em todos os signos cardinais ocorrendo durante o primeiro semestre de 2014. Veremos Urano chegando ao centro do signo de Áries, e Plutão também se aproximando do centro de Capricórnio. Já Netuno passará o ano inteiro no primeiro decanato de Peixes, mais precisamente na região onde se localiza a estrela Fomalhaut, local por onde ele já está passando desde meados de 2013.

O primeiro e o segundo semestres serão completamente diferentes entre si, mas de uma maneira abissal. O primeiro tende a ser um dos semestres mais tensos dos últimos anos: é o auge de toda a crise (astrologicamente falando) iniciada em 2008. Depois deste semestre a tendência é que as coisas comecem a arrefecer. 2015 já tende a ser um ano com muito menos tensões, com uma atmosfera bem mais salutar. O problema neste primeiro semestre será a exatidão da cruz cardinal e as retrogradações. Júpiter em Câncer dá o tom do primeiro semestre. Apesar de exaltado, este Júpiter sofre agressões de Marte, Plutão e Urano, planetas de natureza violenta que geram muita instabilidade. No segundo semestre Júpiter muda para Leão desequilibrando os pratos da balança ao oferecer apoio a Urano que seguirá em quadratura com Plutão até 2015. Ao mesmo tempo Júpiter começa a se aproximar de Saturno aplicando uma quadratura a este planeta (ainda em escorpião) que não se completa neste ano, mas que já promete tensão aos nativos dos signos fixos , sobretudo os do segundo e terceiro decanato. Esta quadratura dará o tom dos anos de 2015 e 2016: o ciclo Júpiter/Saturno iniciado em 2000 com a conjunção em touro entrará em sua reta final com a quadratura minguante a ocorrer com Saturno em Sagitário e Júpiter em Virgem.   

De acordo com os meios esotéricos, 2014 seria o ano de Júpiter. Gostaria apenas de alertar que essa atribuição de regência anual tem um fundo completamente arbitrário e não faz parte de nenhum tipo de tradição astrológica séria e nem sequer se baseia no céu, trata-se de uma atribuição completamente vazia de significados astrológicos, gratuita. Simplesmente determinou-se que o ano 1 seria regido por saturno e sucessivamente seguindo-se a ordem caldáica. Posso escrever a esse respeito em outro artigo. O regente do ano é calculado de forma regional para cada localidade tomando-se como base o ingresso do sol em Áries: o regente do ascendente em determinado local durante o ingresso solar em Áries é que funcionaria de forma a se falar em um regente anual.

Devido a densidade de informações, escreverei múltiplos artigos pra falar sobre o ano de 2014 e as respectivas  previsões. Vamos abordar agora  somente a Lua.



Lunações em 2014






2014 terá 13 lunações, e as que ocorrerão no segundo semestre farão a alegria dos portadores de TOC, já que ocorrerão no início de cada um dos signos acomodando de forma mais confortável a ideia de que o signo onde ocorre cada lunação preside aquele mês lunar, coisa que nem sempre faz muito sentido especialmente quando as lunações ocorrem no final de um signo. Vamos ver as datas e horários de cada uma dessas lunações. Eventualmente será publicada também uma tabela contendo todas as fases da lua (com suas respectivas posições astrológicas) para o ano de 2014.


01/01/2014 (9:14) Lunação aos 10°57'  Capricórnio
30/01/2014 (19:39) Lunação aos 10°55'  Aquário
01/03/2014 (5:00) Lunação aos 10°39' Peixes
30/03/2014 (15:44) Lunação aos 09°58' Áries
29/04/2014 (3:14) Lunação aos 08°51' Touro
28/05/2014 (15:40) Lunação aos 07°21' Gêmeos
27/06/2014 (5:08) Lunação aos 05°37' Câncer
26/07/2014 (19:41) Lunação aos 03°51' Leão
25/08/2014 (11:12) Lunação aos 02°18' Virgem
24/09/2014 (3:12) Lunação aos 01°07' Libra
23/10/2014 (19:56) Lunação aos 00°24' Escorpião
22/11/2014 (10:32) Lunação aos 00°07' Sagitário
21/12/2014  (22:36) Lunação aos 00°06' Capricórnio
  


A Lilith ou apogeu lunar e a velocidade da lua em 2014






Em 2014, Lilith começará o ano em 22°58' de Câncer. Mudará de signo duas vezes no ano de 2014, e passará a maior parte do ano no signo de Leão. No dia 04 de Março de 2014 ela entra em Leão e no dia 27 de Novembro de 2014 entra no signo de Virgem. O efeito principal será o de fazer com que as luas leoninas sejam mais lentas do que a média (com a lua andando a um passo de menos de 12° por dia quando em Leão)e consequentemente, a região oposta fica mais rápida em especial a passagem da lua por Aquário.



O nodo lunar e os eclipses em 2014






Neste ano o  Nodo Norte da Lua  atravessará a região conhecida como "via combusta". Ele começa o ano aos 04°15' de Escorpião terminando o ano em 14°55' de Libra (Nodo Médio). Ele ingressa no signo de Libra no dia 22 de Março de 2014.   

O primeiro Eclipse do ano será um eclipse lunar aos 25°15' de Libra, sendo um eclipse de Nodo norte, sendo um eclipse bastante forte por ser total, e por ocorrer no contexto da exatidão da cruz cardinal, ativando dramaticamente os signos cardinais praticamente como um todo livrando somente os primeiros graus do seu raio de influência. Será visível na região do Oceano Pacífico. Incluindo a parte mais populosa da Austrália e Nova Zelândia. Ocorrerá em conjunção a estrelas fortes: Spica e Arcturus.  

O segundo eclipse do ano será um eclipse solar anular aos 08°51' de Touro, sendo um eclipse de nodo sul e pouco relevante em si mesmo pelo fato de ocorrer num signo diferente do eixo nodal. Ele se destaca por ocorrer ainda durante a exatidão da cruz cardinal. Esses eclipses não tem grande força mas terão um impacto maior justamente devido a outros elementos dramáticos que estarão em jogo quando eles acontecerem. Este eclipse será visível na Austrália, ao sul da Indonésia e no oceano Índico.

O terceiro eclipse deste ano será um eclipse lunar total, que ocorrerá aos 15°05' de Áries, com a lua em conjunção a Urano, sendo um eclipse novamente muito forte porque ocorre com a lua cheia em conjunção próxima aos nodos lunares, sendo este um eclipse de nodo sul. A marca dele serão as rebeliões e os imprevistos, por colocar em tanta evidência o planeta Urano. É um eclipse que marcará a reta final da corrida eleitoral brasileira (caso ocorra segundo turno).


O último eclipse do ano ocorre dias antes das eleições do segundo turno em 2014, no dia 23 de Outubro de 2014. Será um eclipse Solar aos 00°24' de Escorpião parcial e de baixa intensidade por ocorrer em signo diferente do eixo nodal. O detalhe é que esse eclipse cairá no grau que muitos astrólogos tem utilizado como ascendente da presidente Dilma.  Ele será visível Na América  Anglo-Saxônica, especialmente no Canadá e no Norte dos Estados Unidos. .



Continuação - Mercúrio, Vênus e Marte em 2013
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

 

Mega Astrologia Copyright © 2008-2015