sexta-feira, 21 de junho de 2013

Entendendo a Super Lua do dia 23 de junho



O fenômeno da "super lua" nada mais é do que um fenômeno que ocorre todo mês, a conjunção da lua com seu perigeu, seu máximo em velocidade, brilho e proximidade com a terra. A questão é que esse perigeu coincide com uma lua cheia no dia 23 de junho de 2013, e a coincidência é na ordem de menos de 1° de distância do ponto exato. É importante primeiro que saibamos que o perigeu da lua é o oposto do apogeu, máximo afastamento, mínima velocidade e brilho da lua. O apogeu/perigeu da lua tem sido usado mais recentemente, na astrologia antiga não era um ponto que recebia grande importância.

Por influencia dos círculos esotéricos britânicos do final do século 19, alguns astrólogos associaram o Apogeu da lua a uma entidade mitológica chamada "Lilith", ou lua negra. Associaram esse elemento com aspectos reprimidos da psique ou a uma manifestação negativa do feminino. As associações foram feitas por astrólogos dessa época e não tem qualquer embasamento tradicional, foram criadas ali. Lilith acabou evoluindo para um planeta invisível teorizado por um místico no início do século XX, teoria que não tinha qualquer embasamento astronômico. Dessa forma muitos astrólogos continuam a utilizar Lilith, muitos ignorando inclusive o fato de ela ser o Apogeu da lua e não um elemento concreto do céu. O Apogeu é tão somente fruto de um cálculo, um ponto da longitude zodiacal em que se registra o máximo afastamento com a terra e o máximo de lentidão da lua. Evidentemente que isso não impede sua utilização em interpretações astrológicas, mas sua natureza básica deve vir antes de atribuições mitológicas de fundamentação duvidosa.

O fenômeno do perigeu da lua deste fim de semana (apelidado de Super lua) não tem qualquer importância pra astrologia, num sentido de sinalizar eventos de importância por exemplo. A importância é puramente astronômica. Entretanto, alguns astrólogos (e eu não me incluo entre eles) tem se apropriado deste tipo de fenômeno. O termo "Super Lua" é cunhado por astrólogos e não por astrônomos, e tem uma intenção sensacionalista de criar rumor em cima de um fenômeno que não é assim tão extraordinário. Tanto que o máximo que acontece nessa lua cheia do perigeu é um aumento do brilho da lua e um sutil aumento nas marés, dentre outras influências astronômicas que eu desconheço. Fato é que o termo 'pegou' e tem sido empregado inclusive por alguns astrônomos e geógrafos que eu acompanho.

Por se tratar de uma lua cheia, a tal super lua tem sim importância pra astrologia, já que toda lua cheia tem importância astrológica, representando momentos de maior sensibilidade no universo dos líquidos e emoções. Essa lua cheia em especial do perigeu cai em Capricórnio, um signo cardinal , e cai em meio a uma configuração muito intensa de aspectos planetários. O perigeu pode indicar momentos dramáticos, mas eles não seriam causados por ele, são coisas que já vem acontecendo mundo a fora, manifestações politicas e outras formas de comoção que se intensificam especificamente durante o domingo e a segunda-feira próximos, enquanto a lua passa pelo signo de Capricórnio. Na realidade, astrologicamente todo o mês de julho está bem tenso, mas por motivos que não tem relação alguma com o perigeu da lua! Se houver algum fenômeno anormal ele não precisa ser necessariamente associado a Super Lua. A tensão que rola no céu (conflito exato entre Urano e Plutão) será intensamente ativada por esta lua cheia, e essa tensão por si só é capaz de superar os efeitos de qualquer super lua.


No Brasil já temos sinais claros dessa "super lua" através do que observamos em relação aos protestos que tem ocorrido. Desde a lua crescente temos observado um crescendo nos ânimos, e estamos prestes  a presenciar alguma forma de desfecho Neste domingo. A próxima semana será a semana da lua cheia e promete ser regada ainda pelas mesmas tensões.

Algumas pessoas estão confundindo a Super Lua com um eclipse ou algo equivalente: uma coisa não tem absolutamente nada a ver com a outra, são femnômenos relacionados a lua mas com causas totalmente díspares. Eclipses são famosos por terem sido associados pelos astrólogos antigos a desastres e eventos intensos; O eclipse tem seu grau de tensão que é dado por elementos muito particulares (a relação da lua, da terra, do sol e dos eixos nodais). O perigeu ou apogeu da lua jamais foi associado a nada parecido, a não ser recentemente quando um astrólogo americano associou uma lua cheia próxima ao perigeu com o tsunami japonês.As tensões daquela época eram tão altas quanto as de agora, e a atribuição é seguramente exagerada. É evidente que não é todo dia que ocorre a coincidência de um Perigeu com a lua cheia exata, mas isso ainda assim não nos dá motivos pra esperar por catástrofes.    
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

 

Mega Astrologia Copyright © 2008-2015