terça-feira, 4 de junho de 2013

Como identificar as constelações no céu




As vezes mais do que simplesmente estudar a astrologia ou a astronomia, o mais interessante é olhar na prática, no céu propriamente, onde estão todos esses astros, constelações e elementos que aparecem no mapa e nas teorias astrológicas. Esse guia serve pra que você mesmo consiga visualizar qualquer constelação ou planeta visível a olho nu, desde que esteja num local de céu limpo e com pouca poluição luminosa.

Em primeiro lugar, você vai precisar de um mapa, mas não exatamente de um mapa astral. Existem cartas astronômicas do céu que mostram a localização de todas as constelações. Antigamente na revistas Super Interessante vinha em todas as edições uma carta do céu pra ajudar na visualização das constelações. Não sei se isso continua até hoje. Existem programas que fornecem a carta do céu, mas podemos obter uma também através da internet. Neste link em específico:


Pra usar o site, antes de mais nada você precisa ir na parte onde se lê "configuration" , as configurações. Você vai perceber que está escrito assim logo abaixo: "current observing " e ao lado estarão coordenadas geográficas, provavelmente em branco. A questão é que você precisa configurar isso e colocar o local onde você está para que as suas coordenadas geográficas apareçam ali. Logo abaixo tem links para as opções de como fazer isso. A mais precisa é clicar em "select from map" pra escolher o local diretamente no google maps. Feita a seleção, é só clicar em submit. Você pode ainda clicar em "from database" e pesquisar selecionando o país onde você está e escrevendo o nome da cidade no campo de busca, selecionando a sua cidade caso ela apareça. Como última alternativa, você pode colocar manualmente a latitude e a longitude clicando em "edit manually".

Tendo as coordenadas geográficas sido corretamente selecionadas, mais abaixo tem outro subtitulo: "Astronomy". O primeiro link da lista se chama "Sky map". Clicando ali você vai então abrir o mapa do céu para o dia e o horário que estão marcados no seu computador. Se você fizer isso durante o dia , o Sol estará marcado no mapa, e quando isso ocorre é evidente que fica impossível qualquer observação a olho nu. Mas independente do horário, você pode selecionar manualmente qualquer dia e qualquer horário e clicar em update, que o mapa atualiza para o que você especificou. Assim você já tem como realizar as suas visualizações. 

Vamos supor que queremos fazer uma observação de Saturno hoje, dia 04/06/2013 às 22:00 em Florianópolis. Além de torcer por céu sem nuvens, temos que ter noções básicas de localização pra usar esse mapa corretamente.

Pra não haver confusão, o ideal é virar a tela do ceu computador de forma que você esteja sentado com o leste a sua direita, o sul as suas costas, o norte a sua frente e o oeste a sua esquerda. Pra isso você tem que saber onde o sol nasce e onde o sol se põe no local onde você se encontra. Conseguindo estabelecer um senso de direção, entenda que ao olhar para o céu, haverá um efeito espelho com relação a figura do mapa. É como se o mapa que você abriru fosse o reflexo exato do céu. O centro do mapa mostra aquilo que é visível imediatamente acima da sua cabeça. A extrema esquerda do mapa mostra os astros que estão no poente, e a extrema direita os astros que estão nascendo. Vejamos o mapa para a data o horário que eu especifiquei acima:



Veja só, Saturno está muito fácil de se localizar, entre Escorpião, que é um agrupamento muito fácil de se observar, e Virgem que forma um quadrado bem nítido como vemos na figura. Então, pra ver Saturno, Basta olharmos pra cima que ele vai estar quase que exatamente no topo do céu, neste horário que escolhemos. Vamos ver o que mostra o mapa astral pro mesmo local e momento:





Sem surpresa alguma, vemos que saturno está bem próximo ao meio do céu do mapa. É interessante porque o mapa astral é um retrato do céu, como se cortássemos uma fatia indo do chão até topo centralizada na linhas imaginárias do ascendente e do meio do céu. Onde o ascendente representa o leste, a região onde vemos o sol nascer, e o Descendente (casa 7) representa o poente.

Vamos supor que cismamos com uma dada constelação e queremos saber onde ela está. Por exemplo, gostaria de observar a constelação de leão?  

Olhando pro mapa acima, vemos que Leão (Leo) está no poente, teriamos que olhar em direção ao oeste , no setor norte do céu. Mas pra visualizar com mais clareza, teríamos que escolher um horário em que leão apareça numa posição mais nítida, na parte superior do céu. Pra isso, basta abrirmos um mapa pra 3 horas antes, vejamos então o dia 04/06/2013 as 19:00. Vejamos:





Vemos Leão numa posição que torna a visualização mais confortável, olhando pra cima na direção mais ao norte do céu vemos com clareza todas as suas estrelas.



Caso esteja numa cidade com muita poluição luminosa, usar um binóculos ajuda a visualizar melhor o céu. Se tiver uma luneta ou mesmo um telescópio, tanto melhor. Assim fica mais fácil de se observar . Lembrando que constelações que aparecem nas bordas do mapa podem ficar difíceis de se visualizar por conta da poluição luminosa e principalmente devido a existência de obstáculos como montanhas, prédios, etc. O ideal é estar num local alto pra observação.   
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

emerson santos on 14 de março de 2015 10:25 disse...

Eu achei muito interessante e você me ajudou muito obrigado

Isabella on 30 de agosto de 2015 18:03 disse...

Muito bom! Estava precisando.
Visite meu blog http://astnia.blogspot.com.br/
(:

Postar um comentário

 

Mega Astrologia Copyright © 2008-2015