domingo, 2 de junho de 2013

A constelação de Aries




A constelação de Aries é representada por um Carneiro e está relacionada ao primeiro signo do zodíaco, Áries. É uma constelação relativamente pequena, que cobre um espaço de aproximadamente 20° de longitude celeste, e se localiza na região do equador celeste sendo um dos signos do zodíaco, o primeiro deles. Suas estrelas não são muito brilhantes, por isso é uma constelação difícil de ser localizada em locais com poluição luminosa. Pode ser observada com clareza entre meados de junho até fevereiro. O melhor momento pra observação é a partir de novembro quando ela já aparece no céu logo após o pôr do sol. As constelações próximas estão todas relacionadas ao mito de Perseus e Andrômeda.

Para os gregos, Aries era o carneiro cujo pelego era feito de ouro e que foi o grande objetivo das aventuras de Jasão, herói da mitologia grega. Acaba sendo associada a coragem e bravura, pois pra chegar ao velo de ouro Jasão teria que passar por um terrível dragão. Entre os Hebreus antigos tratava-se do cordeiro sacrificado por Abraão e que iniciou a tradição judaica antiga de sacrifício de cordeiros para expiação de pecados. Para os chineses, essa era a constelação do cão.  





Não é composta de muitas estrelas. As estrelas mais importantes para a tradição e também as mais brilhantes se localizam na região da cabeça do carneiro. Hamal, a estrela alfa,  é a testa do carneiro, a grande arma desse tipo de animal quando se sente ameaçado e quando está em disputas por fêmeas ou território. Sheratan , a estrela beta, esta localizada na região que corresponde a um dos chifres. Ptolomeu associava as estrelas da cabeça com a combinação marte/saturno, sendo consideradas maléficas, violentas, etc. As estrelas do corpo ( com o pelego sendo feito de ouro de acordo com a mitologia) tinham natureza de vênus/saturno.    



Na época dos gregos, o equinócio de primavera ocorria com o sol passando por esta constelação. Atualmente, essa constelação corresponde a longitude zodiacal que vai de 29° de Áries a 20° de Touro.

Sheratan, a estrela Beta, é um dos chifres, fica localizada aos 03° de Touro e tem o significado básico da teimosia e da obstinação manifestas num sentido negativo.




Hamal é a testa do carneiro, é a estrela alfa da constelação sendo a mais importante. Está localizada atualmente aos 07° de Touro e indica impulsividade, obstinação, teimosia, imprudência, temeridade e pode ser indício de acidentes devido a falta de flexibilidade. É sinal de brusquidão, pode indicar força física, e levar alguns dos nativos aos esportes violentos ou a carreiras militares. Podem se expor desnecessariamente a riscos.     
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

 

Mega Astrologia Copyright © 2008-2015