domingo, 1 de janeiro de 2012

Sol em Sagitário com Ascendente em Leão




Sinceridade e espontaneidade definem a sua personalidade. Você tende a ser uma pessoa bastante otimista , hedonista e que é capaz de divertir e entreter aos outros sem fazer grandes esforços, bastando que você seja  apenas você mesmo. Leão e Sagitário são dois signos de fogo, um é regido pelo Sol, a fonte de calor e de autoridade, enquanto que o outro é regido por júpiter, planeta da sorte e da prosperidade. Essa combinação produz aquele tipo de pessoa que tem muito pouco a esconder dos outros, e que no fundo gosta de ver tudo a respeito de si mesmo meio que exposto. O senso de autoconfiança que você tende a desenvolver ao longo de sua vida faz com que você se orgulhe de ser quem é. Isso faz de você uma pessoa simples e descomplicada, que não perde tempo criando personagens ou escondendo eventuais “podres”, porque dificilmente existe algo sobre você do qual você não se orgulhe. 

Sua franqueza não soa agressiva, e de modo geral inspira confiança ou faz de você uma pessoa carismática. Mas não se engane, essa combinação reserva também alguns perigos. Desde que não comece a enveredar pelas vias da arrogância e da megalomania, a confiança e o orgulho não são perniciosos. O problema reside na sua tendência a ingenuidade e na incapacidade de enxergar a si mesmo num contexto coletivo, colocando o foco sempre num nível muito egóico, o que turva os fatos e torna difícil uma compreensão real a respeito de suas qualidades e defeitos.  Você corre o risco também de anular as fronteiras da sua própria intimidade, o que de um lado aparenta ser uma postura corajosa e confiante, mas que também o torna vulnerável  diante do mundo e imprime um aparente vazio aos olhos dos outros, porque um mínimo de mistério nos relacionamentos é fundamental pra que você consiga despertar um interesse genuíno por parte dos outros.  Ao expor tudo o que há de bom ou ruim a seu respeito de antemão, você não deixa nenhum “tesouro” oculto passível de atrair a atenção dos outros. Sua fé é grande, mas em excesso ela pode produzir prejuízos, porque a postura de se contar sempre com a sorte e com o “invisível” pode levar a comportamentos que vão da irresponsabilidade a desonestidade involuntária. Por isso é necessário disciplina e esforço pra tentar manter seus pés sempre no chão, pra que a fé e a confiança cega não o levem a eventualmente perder o controle de sua vida. 



Tina Turner



Tina Turner (Nutbush, 26 de Novembro de 1939), nome artístico de Anna Mae Bullock, é uma cantora, dançarina, autora e actriz norte-americana, cuja carreira artística estreou há mais de cinquenta anos. Ela é considerada uma diva da música e, também, segundo o canal de televisão americano MTV, uma das mais dinâmicas cantoras da história. Ela tornou-se famosa por explosivas apresentações como membro da banda Ike & Tina Turner durante os anos 60 e 70. Após a publicação da sua autobiografia, I, Tina (1986), Turner revelou casos graves de maus-tratos contra ela pelo seu então marido, Ike Turner, antes da sua separação em 1976, seguida pelo divórcio em 1978. Depois de praticamente ter desaparecido da cena musical por vários anos após seu divórcio com Ike, ela reconstruiu sua carreira, lançando uma série de sucessos, começando o single "Let's Stay Together" (1983), e o lançamento do seu quinto álbum de estúdio a solo, Private Dancer (1984). Sua carreira musical levou a vários papéis no cinema, começando com um papel de destaque como The Acid Queen em 1975 no filme Tommy, e uma aparição em Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band (1978). Ela estrelou ao lado do actor Mel Gibson como a Tia Entity em Mad Max Beyond Thunderdome (1985), pelo qual, mais tarde, recebeu o prémio NAACP Image Award de "Melhor Actriz em uma Película", e sua versão do tema do filme, "We Don't Need Another Hero (Thunderdome)" (1985), foi um êxito, tendo alcançado as cinco melhores posições nos Estados Unidos. Uma das artistas mais populares do mundo, Turner tem sido chamado de a artista de rock do sexo feminino de maior sucesso, e foi nomeada como "uma dos maiores cantores de todos os tempos" pela revista Rolling Stone. As somas combinadas dos seus álbuns e singles dão um resultado de aproximadamente 180 milhões de cópias em todo o mundo. Ela é conhecida por sua presença enérgica de palco, vocais poderosos, longevidade da carreira, e apelo muito difundido. Em 2008, Turner abandonou a sua semi-reforma para embarcar na digressão Tina!: 50th Anniversary Tour. A digressão tornou-se num dos concertos com o maior número de bilhetes vendido de 2008-2009. Apesar de ter sido criada como uma baptista, ela se converteu ao budismo, e credita os cânticos espirituais como os que der-lhe a força que ela precisava para superar os momentos difíceis. A revista Rolling Stone classificou-a como a sexagésima terceira maior artista de todos os tempos, e considera-a de "Rainha do rock and Roll".



Katie Holmes



Katie Noelle Holmes (Toledo, 18 de dezembro de 1978) é uma atriz estadunidense. Katherine Noelle Holmes nasceu e foi criada em Toledo, Ohio. Ainda em sua cidade natal, começou atuando em peças do ginário e participou de concursos de beleza. Um empresário a convenceu a tentar carreira em Hollywood, onde conseguiu um papel em Tempestade de Gelo (1997). Fez testes para o papel principal da série de TV Buffy, a Caça Vampiros, mas foi recusada devido à pouca idade. Em seguida, foi selecionada para o elenco de Dawson's Creek, que se tornaria um dos maiores sucessos daquela temporada na TV. No cinema, estrelou o horror adolescente Comportamento Suspeito (1998). No ano seguinte foi a vez de Tentação Fatal, que marcou a estréia na direção do roteirista Kevin Williamson - escritor de Pânico e criador de Dawson's Creek. Chegou a declarar o interesse em interpretar Sydney no filme Pânico 3, papel que coube a Neve Campbell. Apareceu em mais uma dezena de filmes, incluindo O Dom da Premonição (2000), de Sam Raimi, e Batman Begins (2005), no papel da namorada do herói. Casou-se, em 18 de novembro de 2006, com o ator Tom Cruise, com quem tem uma filha, Suri Cruise, nascida em 18 de abril de 2006. Separaram-se em 2012. Após sua separação do ator Tom Cruise Katie se afastou da cientologia, religião que adotou devido ao casamento e se tornou membro de uma igreja católica do estado de Nova Iorque.

Jake Gyllenhaal



Jacob Benjamin Gyllenhaal (Los Angeles,19 de dezembro de 1980), é um ator estadunidense. Filho do diretor e poeta Stephen Gyllenhaal e da roteirista Naomi Foner, Gyllenhaal iniciou a carreira de ator aos dez anos de idade. Seu primeiro papel foi a personagem Danny Robbins no longa City Slickers (1991). Ele apareceu em diversos papéis desde seu primeiro papel principal em 1999 de October Sky, seguido pelo filme indie culto, Donnie Darko, de 2001, que dava vida a um adolescente com problemas psicológicos e que contracenava com sua irmã da vida real, Maggie Gyllenhaal. O filme The Day After Tomorrow, de 2004, ele retratou um estudante preso em um evento cataclísmico do aquecimento e esfriamento global, ao lado de Dennis Quaid como seu pai. O ano de 2005 foi seguramente o ano de sua consagração como ator diante do grande público, graças a sua interpretação de um marinheiro frustrado em Jarhead e sobre tudo como personagem do vaqueiro Jack Twist em Brokeback Mountain, de Ang Lee, onde atuou junto de Heath Ledger. Gyllenhaal se tornou um ativista, promovendo diversas causas políticas e sociais. Nos últimos anos tem aparecido na campanha de publicidade Rock the Vote, tem prestado publicamente seu apoio ao Partido Democrata dos Estados Unidos nas eleições de 2004 e tem promovido diferentes causas ambientais e em favor da União Americana pelas Liberdades Civis. Também participou há algum tempo do programa Man vs. Wild junto com Bear Grylls e confessou que seu maior medo é o de altura.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

 

Mega Astrologia Copyright © 2008-2015