sexta-feira, 7 de outubro de 2011

O mapa Astral de Amy Winehouse, agora com o horário



Depois que as pessoas morrem geralmente as respectivas informações de nascimento emergem, todos os astrólogos (e eu não me excluo) olham em direção ao corpo sendo velado em busca de dados pra ter algo sobre o que falar, como urubus mirando a carniça, quando se trata de uma pessoa famosa como Amy.

Até então os dados dela eram desconhecidos e ninguém parecia se importar muito com isso, somente na época do falecimento de Amy é que foram descobrir através de uma publicação onde um astrólogo diz ter obtido os dados em conversa com os pais, fonte classificada no Astrodatabank como A (que significa que os dados foram fornecidos diretamente de memória pela pessoa ou por um dos pais). . Os dados, agora confirmados, são os do dia 14 de setembro de 1983, às 22:25, na cidade de Enfield, Inglaterra,  o que coloca o Ascendente aos 17°46' de Gêmeos. Veja o mapa abaixo:




De modo geral, a persoanlidade propriamente acaba sendo uma incógnita para o público, já que não temos a oportunidade de conviver com ela, e na análise de um artista, no fundo, esse fator é o que menos conta. Mas no caso de Amy, ela era uma pessoa extremamente inteligente, com ênfase nos signos de Gêmeos, Virgem e Sagitário, o que por outro lado contribuiu para sua instabilidade e fragilidade, e seus "surtos" de comportamento errático, já que ela era essencialmente Mutável, e como a palavra sugere, estabilidade está longe de ser a marca das pessoas que nascem com esta influência. Ela era muito lógica, tinha uma natureza perfecicionista, mas era ao mesmo tempo confusa e escapista, como acusa o forte posicionamento de Netuno no mapa que se ergue em oposição ao Ascendente e em quadratura com o Sol. A lua, por outro lado, posicionada no signo de Capricórnio, mas na casa 7 , indica popularidade (é principal marca de uma lua na 7) mas ao mesmo tempo uma natureza melancólica e pessimista, talvez até depressiva.

A reputação de uma pessoa é apontada pela sua casa 10, pelo Meio do céu e pelo planeta que rege a 10. Amy tinha a casa 10 em 11°Aquário: Quando pensamos nela não nos vem a mente o aspecto estudantil de gêmeos ou o perfeccionismo virginiano. Quando pensamos em Amy logo pensamos em rebeldia. Eles queriam leva-la ao Rehab, e ela dizia no, no, noooooo , lembram? O Meio do céu aquariano não é necessariamente só o escândalo e o comportamento errático. Ele pode indicar uma pessoa fria em seu comportamento, humanitária em suas ações, e imprevisivel com relação ao que vai demonstrar em público. O regente da casa 10 é Saturno em Escorpião, enfraquecido, colocado na casa 6. Apesar de não ter orbe para lançar uma quadratura ao MC, ele está num signo que já possui uma relação natural de conflito com o MC, o que pode sugerir tendências autodestrutivas ou mesmo a existência de pessoas interessadas em prejudicar a imagem da pessoa por algum motivo.



Quando Amy surgiu na mídia em 2003, Netuno estava passando pelo MC dela, e nenhum trânsito tem potencial mais disseminador do que esse na minha opinião. Frequentemente falo pras pessoas que estão sob este trânsito: se prepare porque você pode começar a aparecer na mídia de agora em diante, se isso fizer parte da sua realidade, se o seu trabalho tiver ligação com mídia. E no caso de Amy isso foi verdadeiro. Ao mesmo tempo, Urano estava ingressando em Peixes, onde formaria, entre 2003 e 2010, aspectos tensos com praticamente todo o mapa de nascimento dela. Seria um dos momentos mais tensos e intensos de sua vida.

De 2002 até final de 2009 amy foi também bombardeada por aspectos de Plutão, que estava passando por sagitário, começando pela oposição com o Ascendente (primeiras gravações e lançamento do primeiro album) de 2002 até 2003. Depois disso, de 2003 até final de 2005, Amy vivenciou vários aspectos de plutão que tiveram um resultado positivo, aumentando sua visibilidade em território inglês. O sucesso definitivo viria em 2006 com o lançamento de back to black, album responsável pelo início da exposição mundial da cantora.

Ainda em 2005 entretanto, quando Amy ainda estava sob a quadratura de Plutão com o Sol, se deu o início do seu envolvimento mais sério com drogas, quando então ela começou a apresentar sinais de depressão e distúrbios alimentares, além de começar a aparecer bêbada ou suja em locais públicos. Mas isso saiu do controle a partir do final de 2007, e culminou em janeiro de 2008 quando um vídeo publicado por um tabloide mostrava ela consumindo crack. Netuno estava em oposição ao Marte e a Vênus de Amy, aspectos que se estenderiam de 2007 até final de 2009, trânsito associado ao escapismo e a promoção do caos, da desorganização e dos vícios. Especialmente no caso de alguém que se ve de alguma forma cercado por grandes responsabilidades: o impulso é o de fugir.

Em 2007 se iniciou o trânsito de Urano em quadratura como Ascendente, quando as fotos escandalosas começaram a ser divulgadas. O aspecto ficou exato justamente durante o caso do vídeo, que teve sua máxima repercussão em fevereiro de 2008.

Em 2008 Plutão ingressou em Capricórnio, formando conjunção com a Lua, no grau zero. Foi aí que Amy perdeu completamente o controle sobre sua vida e sua saúde. Privacidade? Seria bom alguém ter avisado pra ela que ela poderia esquecer do significado dessa palavra por um bom tempo, se bem que ela melhor do que ninguém sabia disso. Após o video que exibia ela fumando crack ela passou a ser literalmente caçada pelos paparazzi , e praticamente toda semana surgia uma foto comprometedora , uma situação fora do normal, um escândalo. Transformou-se em algo normal, ninguém esperava outra coisa dela dali em diante. Ainda em 2008, também havia se iniciado o trânsito de oposição de urano com o Sol. No final de 2008 Saturno avançou através do signo de Virgem e formou uma oposição com urano em peixes, que formava quadratura exata com o Ascendente de Amy.

Então ela estava experimentando simultaneamente alguns dos trânsitos mais difíceis possíveis. Lidar com uma oposição de Netuno já é dificil, imagine duas. E imagine, somando-se a isso a conjunção de Plutão com a lua,  os aspectos tensos de Urano que promovem o caos e as reviravoltas, e o peso do trânsito de Saturno. E saturno foi cruel com Amy. Em janeiro de 2009 ele formou conjunção com o Sol dela, conjunção exata. Foi um milagre ela ter sobrevivido a isso tudo! E sim, ela sobreviveu. A tormenta e os trânsitos difíceis duraram até o final de 2009. Com a entrada de Saturno em libra, Amy entrou numa vibe mais light, tirou férias, começou a trabalhar em musicas novas e tudo parecia ir bem. Até que ela foi encontrada morta em 23 de julho de 2011. Nem se ouvia mais falar de Amy. Mas havia muita pressão sobre ela ainda. Ela estava para lançar um álbum desde 2008, iniciou e abandonou esse projeto várias vezes. Infelizmente não chegou a concluí-lo . Faleceu em sua casa, por causas ainda desconhecidas. Já não haviam mais aqueles trânsitos terríveis dos anos anteriores, mas foi em 2011 que ocorreu o retorno da Lua progredida.    
Comentários
0 Comentários
 

Mega Astrologia Copyright © 2008-2015