quarta-feira, 5 de outubro de 2011

A chamada "Maldição dos 27 anos" e o retorno da lua progredida



Recentemente a morte prematura da cantora Amy Winehouse, que tinha apenas 27 anos de idade chamou atenção para algo que foi chamado de "a maldição dos 27 anos" pela mídia, uma vez que Amy não foi a única jovem cantora a ter falecido nesta fatídica idade depois deter atingido estrondoso sucesso.

Acessando este link (em inglês)  você pode ver uma lista de diversos artistas que também faleceram aos 27 anos de idade. Dentre os artistas listados, podemos ver Amy Winehouse, Jim Morrison, Jimy hendrix, Kurt Cobain e Janis Joplin e outros.



A questão é que existe algo que ocorre com todas as pessoas que atingem a idade de 27 anos invariavelmente: É o retorno da Lua progredida por progressões secundárias. Todas as pessoas atravessam este momento, que pode ser mais ou menos difícil dependendo da configuração envolvendo a lua do mapa da pessoa, ou as circunstâncias que cercam a vida da pessoa no momento do retorno.

A principal questão a envolver a Lua, em nível psicológico é privacidade: Qual artista de sucesso tem esse privilégio? O amadurecimento emocional se torna mais difícil enquanto somos expostos. Sabe aquelas coisas que todos nós fazemos quando ninguém está olhando? Então: a lua trata justamente desses assuntos. Me parece que artistas super famosos acabam sendo privados desses momentos: Qual deles consegue passar pelo menos 1 semana que seja sem que ninguém esteja os vigiando?



E a questão é que durante os 27 anos de idade, o retorno da lua progredida para a posição que ela tinha no mapa natal leva a uma intensa necessidade de recolhimento e privacidade absoluta, a pessoa precisa de um tempo consigo mesma para refletir, afinal esse processo significa uma mudança em níveis de maturidade emocional, é um evento interno, de foro íntimo, que faz com que todas as pessoas após essa passagem passem a lidar com a vida e os problemas de forma menos infantil, mais madura. É claro que amadurecimento é um processo contínuo, não ocorre nenhuma mágica específica durante o retorno da Lua progredida, mas é fato essa questão da importância da privacidade nesta etapa da vida, neste processo de autoanálise, é mais do que essencial. Muitos vão sentir uma instintiva necessidade de voltar ao ninho, de rever a família, de resgatar relacionamentos, de tentar reconstruir circunstâncias perdidas em suas vidas. Muitos passam a entrar em maior contato com a família, revisitam situações de infância , trata-se de uma jornada de autoconhecimento natural, que todos acabam fazendo de alguma maneira de forma completamente instintiva.

Para o comum dos mortais, não há nada de especial durante essa passagem, porque o processo de internalização é automático, a pessoa não precisa pedir permissão pra ninguém quando deseja hibernar por alguns dias ou fugir da sua realidade mais imediata. Pode no máximo enfrentar alguns problemas no trabalho ou com seu relacionamento íntimo.  Mas uma pessoa que tem essa necessidade negada por um público que as vezes é de milhões de pessoas e pela responsabilidade de sustentar uma imagem e de encarar platéias lotadas, pode vivenciar muito sofrimento ao longo deste período.Não quero dizer que o retorno da lua progredida seja o causador da morte, prestem atenção. Mas o fato de surgir uma intensa necessidade de privacidade justamente neste período pode causar um nível tão elevado de sofrimento que acaba ficando insuportável. Muitos recorrem a drogas, e alguns acabam exagerando. Não a toa, a maioria dos artistas listados morreram por problemas relacionados a drogas ou suicídio.

Comentários
0 Comentários
 

Mega Astrologia Copyright © 2008-2015