sábado, 6 de fevereiro de 2010

Vou ser promovido?



Um amigo que trabalhava a 6 anos numa empresa (não lembro exatamente se era de informática ou de eletrônica), ocupava o cargo de vice-gerente, sendo o gerente, seu superior mais imediato, um dos seus melhores amigos na empresa. Esse gerente recebeu uma proposta pra ir trabalhar na Alemanha, a qual aceitou, e o cargo da gerência ficaria, portanto vago. Era meio que evidente que o meu amigo que fez a pergunta seria a pessoa indicada para ocupar a vaga, apesar de ele não ser exatamente o mais experiente do grupo, ao menos era o que tinha a formação acadêmica mais de acordo com o cargo. Mesmo sendo óbvio o fato de que seria ele o contemplado para ocupar a vaga da gerência, esse amigo pediu pra que eu “olhasse nos astros” se ele seria promovido ou não, porque segundo ele “nunca se sabe se eles não tem alguém de outra filial e etc” e eu achei plausível a justificativa para dúvida. Então a pergunta foi: serei promovido? O mapa foi levantado no dia 4 de setembro de 2008, às 18:49 em Florianópolis-SC, veja o mapa:



A primeira coisa que chamou a atenção foi a Lua, lenta, em queda, na via combusta e fora de curso, além de posicionada na casa 8. A lua neste mapa estava concentrando tantas debilidades, que estava evidente o estado de pânico, de extrema insegurança e apreensão do querente. No caso, este meu amigo é um virginiano que nasceu com sol em conjunção a saturno, e estava vivendo naquele momento o retorno de saturno em conjunção ao seu sol. Ele tinha casado a pouco tempo, o seu primeiro filho havia nascido a 5 meses, ele tinha todas as contas da casa pra pagar, mas o sustento da criança e as prestações do financiamento do apartamento. Seria a salvação dele essa promoção, e talvez viesse daí, dessa extrema necessidade, a sua insegurança dentro dessa questão. Neste caso considerei que a lua fora de curso apenas representava que o querente já conhecia a resposta da sua pergunta, que não havia motivo nenhum para a pergunta, e que o que estava motivando-o era apenas a sua insegurança (lua na via combusta).

Vemos o Ascendente em peixes representando o querente, meio do céu em sagitário (representando o objeto perguntado, ou seja, a sua promoção) e  Júpiter em queda e retrógrado regendo ambas as casas. A inexperiência dele poderia justificar a queda de Júpiter, bem como o fato de que o cargo almejado nem seria “aquilo tudo” que ele estava imaginando. Fato é que quando um mesmo planeta rege o querente e a coisa perguntada, nem há muito que questionar, a resposta é positiva. Nesse caso aqui eu apenas fiquei em dúvida porque Júpiter estava em queda, mas depois de analisar mais atentamente, percebi que júpiter estava nos seus próprios termos e era angular. Então disse que sim, que ele seria ‘promovido’, mas que essa promoção não iria mudar muito a sua situação na empresa.

De fato, 3 semanas depois ele confirmou a promoção , e o aumento irrisório em seu salário. Mas mesmo assim ele gostou da nova situação, porque tinha mais prestígio, apesar de muito mais responsabilidades. Olhando o mapa novamente hoje, percebo que a pergunta nem era radical, no sentido de que a dúvida do querente provavelmente não era sobre sua promoção, provavelmente ele queria saber algo em relação a dinheiro ou possíveis benefícios mas por algum motivo não quis perguntar as coisas nesses termos. Vemos que a pergunta foi feita na hora da Lua, e que o regente do ascendente está no detrimento da lua (Capricórnio) apesar de que este detrimento lunar é também local onde a lua tem triplicidade.    
Comentários
3 Comentários

3 comentários:

Daniela Scheifler on 6 de fevereiro de 2010 07:11 disse...

Muito boa a explanação , Elias, com sempre.

SILVIA on 6 de fevereiro de 2010 07:19 disse...

Boa, Elias, adoro as suas interpretações astrológicas.

Elias Mendes on 7 de fevereiro de 2010 04:42 disse...

obrigado =)

Postar um comentário

 

Mega Astrologia Copyright © 2008-2015