domingo, 1 de fevereiro de 2009

Como calcular o Mapa Astral?









A imensa maioria das pessoas se contenta em estudar porcamente a teoria astrológica e torce o nariz na hora de fazer os cálculos. É certo que nos dias de hoje um grande domínio nesses cálculos é desnecessário porque existem programas que nos fornecem os resultados de maneira instantânea, mas o entendimento do processo e da lógica envolvida pode evitar algumas confusões. Assim hoje vou me dedicar numa tentativa de demonstração do método para o levantamento de um mapa, começando pela determinação do ascendente. Como exemplo, vamos usar o mapa da atriz brasileira Regina Duarte, que nasceu em 05/02/1947. As 5:45 em Franca, no estado de São Paulo.

O que é necessário pra se calcular um mapa astral?????

-além dos dados de nascimento, que são dia, mês, ano, hora e cidade de nascimento, é necessário conhecer a latitude e a longitude da cidade a ser estudada. Isso é facilmente conseguido pesquisando no Google, ou na Wikipédia pelo nome da cidade em questão. Nos posts referentes a cidades quase sempre constam a latitude e a longitude.

-Efemérides astrológicas para o ano em questão, facilmente conseguidas no link: Efemérides

-Uma tábua de casas, preferencialmente para o hemisfério sul, mas se você conseguir somente para o hemisfério norte não tem problema. A única tábua de casas em e-book que eu encontrei foi a de Regiomontanus que pode ser baixada neste link: Tábua de casas regiomontanus hemisfério norte . Trabalharemos, portanto com uma tábua de casas para o hemisfério norte, ainda que o nosso mapa de exemplo seja de alguém nascido no hemisfério sul.

-Uma tabela indicando as datas de início e fim do horário de verão e cada ano.Veja aqui: Horário de Verão no Brasil

Pesquisando na Wikipédia, descobri que a latitude da cidade de Franca é 20°32’20’’Sul (S), e a longitude é 47°24’03’’ Oeste (W). Anotamos esses dados.

HORÁRIO DE VERÃO

É necessário determinar se na data em questão não existia o horário de verão. Olhando na Tabelinha, no ano de 1947, em que a Regina nasceu, vemos que não havia horário de verão, portanto neste caso não iremos fazer NADA, empregaremos o horário que nos foi fornecido. Caso houvesse horário de verão, simplesmente deduziríamos 1 hora daquela que nos foi fornecida.




HORA LOCAL:

Agora precisaremos determinar a hora local do nascimento da Regina. Como assim, que história é essa de hora local? Se você olhar no seu relógio agora, a hora registrada estará em compasso com a hora padrão do seu fuso horário, que é a hora local de um meridiano específico usado como referencia. Se você mora em Franca, o relógio pode estar marcando 5:45 am, mas este horário é a hora local do meridiano de 45°W adotado como referência para o fuso (-3) que é o nosso fuso horário aqui no Brasil (na maior parte do pais ao menos, região sudeste inteira esta inserida no meridiano 45W). A hora local em Franca é outra e seria facilmente descoberta construindo-se um relógio solar na em Franca, ou então aplicando-se o seguinte cálculo:

-A base do cálculo será sempre o meridiano de referência, no caso 45°W.

-Descubra a diferença em graus entre o meridiano local e o meridiano de referencia.
Neste caso, o meridiano local é o 47°24’03’’ Oeste (W). A diferença entre este meridiano e o meridiano padrão é: 2°24’03’’

- Como regra geral, você irá adotar a seguinte proporção:
1° de longitude = 4 minutos no relógio
15’ de longitude = 1 minuto no relógio

-Então você irá converter a diferença em graus entre o meridiano local e o meridiano de referência usando aquela proporção. No caso, vamos arredondar a diferença encontrada, que foi de 2°24’03’’ para 2°30’. Isso irá equivaler a 10 minutos do relógio.

-Como regra geral, após você descobrir a diferença em minutos equivalente a diferença entre os meridianos, você irá:

*Deduzir do horário fornecido esta diferença, caso o nascimento tenha ocorrido a oeste do meridiano padrão.
*Somar ao horário fornecido esta diferença, caso o nascimento tenha ocorrido a leste do meridiano padrão.

Franca se localiza a oeste do meridiano padrão empregado, então neste caso iremos deduzir a diferença encontrada da hora fornecida como dado para o cálculo do mapa. Assim, no caso de Regina Duarte a hora local é 5:35 am

TEMPO SIDERAL:

Este é muito simples de se verificar. Você irá abrir a efeméride astrológica referente ao ano de 1947, no mês de fevereiro. A primeira coluna é a dos dias (Day), a segunda coluna é a do tempo sideral (sideral. T.). Você vai ficar atento ao tempo sideral referente ao dia que a Regina nasceu (05/02) e no dia posterior (06/02). Veja na figura abaixo:



O tempo sideral registrado nesta efeméride se refere a 00:00 em Greenwich para a data especificada. Regina nasceu no Brasil, era 5:45 mas em Greenwich já eram 8:45. Você nota que o tempo sideral varia muito pouco ao longo de um dia, de 8:57:12 para 9:01:9, pouco menos de 4’ de variação em um dia. Às 00:00 o tempo sideral valia 8:57, mas as 6:00 já valia 8:58. Ao meio dia era 8:59 no tempo sideral, e as 18:00 o tempo sideral correspondia as 9:00. Regina nasceu no pouco antes da metade do período entre as 6:00 e meio-dia e Greenwich, assim o horário sideral dela corresponde a 8:57.

TEMPO SIDERAL LOCAL

Corresponde a soma entre a hora local e o tempo sideral. Caso essa soma ultrapasse 24:00, diminua 24:00 do valor obtido. No caso de Regina:

Hora Local = 5:35

Tempo Sideral = 8:57

Tempo Sideral Local = 14:32

ANOTANDO AS CÚSPIDES:

Caso nós fossemos consultar uma tábua de casas para o hemisfério sul, não haveria mistério. Olharíamos na página correspondente a latitude ou a hora sideral e simplesmente anotaríamos as cúspides. Como iremos empregar uma tábua de casas para o hemisfério norte, alguns ajustes tem que ser feitos:

Em primeiro lugar, some 12:00 ao tempo sideral local encontrado anteriormente. Neste caso fica 26:32, então se deduz 24:00 e o resultado é 2:32.

Nesta tábua de casas que eu disponibilizei o autor decidiu organizar as páginas de acordo com o tempo sideral Local. Então você vai até a página correspondente a 2:32. No topo da página deverá estar escrito MC 10 Ta 25, significa Meio do céu em 10°Touro25’. Em todas as latitudes do hemisfério norte, quando a hora sideral local é igual a 2:32, o MC será igual a 10°touro25’. O ascendente e as demais cúspides, entretanto irão variar de acordo com as latitudes. Esta é exatamente a página que vocês precisam visualizar:



A linha sublinhada é justamente a linha correspondente a latitude de 20°. Na hora de anotar as cúspides , você só irá tomar o cuidado de inverter os signos: Se La aparece MC 10°Touro, Na realidade você irá utilizar MC 10° Escorpião. Se o ascendente lá aparece como 12°Leão, você irá utilizar Ascendente e 12°Aquário.

As cúspides para o mapa da Regina Duarte então seriam, baseado no sistema Regiomontanus, computado por este autor específico que estamos usando:

Casa 10 (MC) = 10°Escorpião
Casa 11 = 13° Sagitário
Casa 12 = 14° Capricórnio
Casa 1 = 12° Aquário
Casa 2 = 9° Peixes
Casa 3 = 8° Áries

detalhe é que as casas opostas a essas tem a cúspide no mesmo grau, as em u signo oposto. Assim:

Casa 4 = 10° Touro
Casa 5 = 13° Gêmeos
Casa 6 = 14° Câncer
Casa 7 = 12° Leão
Casa 8 = 9° Virgem
Casa 9 = 8° Libra

Nota: diferentes tábuas de casas de um mesmo sistema podem fornecer valores ligeiramente divergentes, normalmente as divergências não ultrapassando 1°. Sistemas de casas diferentes apresentarão outros valores para cúspides, pois são baseados em um cálculo específico. Outras divergências ocorrem devido aos arredondamentos feitos ao longo dos cálculos, e também ao fato de a latitude que se trabalha não constar na tabela. Por exemplo, Regina nasceu na latitude 20°32, as na Tábua de casas encontramos apenas ou latitude 20°00 ou 21°00. Caso a pessoa queira encontrar um valor realmente exato, ela pode fazer uma média entre os valores encontrados entre as duas latitudes disponíveis.

Continua
Comentários
11 Comentários

11 comentários:

Madalena on 1 de fevereiro de 2009 10:01 disse...

Muito bom Elias , super aula!
O início hilário dá vontade da gente ler até o fim ... bacana.
Agora o q eu gostei mesmo foi o novo lay-out , bártbáro!

Anônimo disse...

Muito bem explicado .Gostei.
Mas acredita meu amigo.
Existem pessoas que não sabem o que é uma tábua de casas ,e nem imaginam que efemérides é um livro eheheh.Matam a cabeça á procura do significado de efemérides tabelado.
Com essas pessoas temos de ser muito suaves para não as afastar,porque ninguém gosta de se sentir burro,e infelismente muita gente tem vontade de aprender ,mas não sabem sequer interpretar uma frase.Eu desço sempre ao nivel das pessoas,porque sei que assim elas não fogem,e até criam gosto.Então aprendem umas coisas básicas,começam a sentir-se bem e ganham asas. Descobrem o conhecimento,e para muita gente é um processo longo e dificil e nem por isso menos importante que o mais brilhante dos intelectuais.Beijinho
Maria das Nuvens

Anônimo disse...

Perdão.Queria eu dizer que efemérides é um livro de tabelas .O texo ficou confuso .Conheci alguém que foi ao dicionário procurar a palavra efemérides e fez uma confusão tão grande que Quando falou nisso lá na escola a sala de aula inteira desatou á gargalhada.Fiquei muito triste com a situação e a pessoa nunca mais voltou á aulas,SENTIU-SE HUMILHADO.
Maria das Nuvens

rica on 24 de julho de 2009 13:52 disse...

Estou muito interessada mesmo em calcular o meu mapa,o blog é o que melhor que tem de melhor na net sobre o assunto mas achei os cálculos confusos, gostaria de ver exemplo com amostra dos cálculos para entender melhor. Mas desde já Elias, muito obrigada.

Sueli disse...

Oi. Queria tirar umas dúvidas:
1)O fuso horário se soma à hora do nascimento? Se for -3, soma-se ou diminui-se?
2) Onde encontramos o meridiano local?
Obrigada.

Elias Mendes on 7 de setembro de 2009 10:54 disse...

Desculpe a demora em vir responder, não tinha visto este comentário

1)O fuso horário se soma à hora do nascimento? Se for -3, soma-se ou diminui-se?

O sinal negativo no fuso horário significa que ele fica a oeste de greenwich. Se o sol nasce sempre de leste pra oeste, então significa que se em greenwich o horário está marcando X, então no fuso horário -3 a hora é x-3.

Se você quiser saber o inverso, se você está no fuso -3 (no Brasil) e quer saber que horas são em greenwich, como eu disse, -3 significa que no meridiano -3 são tres horas a menos do que em greenwich. Então se aqui está marcando o horario x, em greenwicg o horário será x+3

2) Onde encontramos o meridiano local?

O meridiano local é a longitude da cidde de nascimento!
Obrigada.

Anônimo disse...

Olá Elias, como faria para Calcular a Ascendência da Regina Duarte ?

Henderson disse...

Oi Elias! Parabéns por suas explicações. Eu fiquei em dúvida em uma coisa: o tempo sideral da Regina é 8:57. Você disse que ela nasceu às 5:45, correspondendo às 8:45 em Greenwich. Se as 6:00 em Greenwich corresponde 8:58 no tempo sideral, este não seria o tempo sideral da Regina?

Anônimo disse...

Gostaria de saber se tem como calcular a morte, se tiver, como calculo?
Obrigado

ADONAI on 10 de julho de 2015 05:49 disse...

Muito Obrigado por compartilhar este conhecimento conosco! Parabéns pelo seu trabalho, e que os Mestres te abençoem!

Pedro Augusto Castro Vieira on 2 de abril de 2016 13:24 disse...

Elias, o link das casas que você colocou não está funcionando

Postar um comentário

 

Mega Astrologia Copyright © 2008-2015