quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Qualidades (ou modalidades) no zodíaco







As qualidades ou modalidades de signos representam três posturas essenciais diferentes entre si, ao mesmo tempo complementares. Essas modalidades de ação básicas são a manifestação mais essencial em um ciclo, pois os princípios delas são a postura iniciadora, a postura de manutenção e a postura de mudança, transformadora ou conclusiva, que por sua vez é novamente sucedida pela postura iniciadora. Na astrologia, essas “qualidades” são assim nomeadas:

- Modalidade Cardinal: Representa o impulso unificador, que sai da dispersão e se concentra em um único objetivo, de forma aguda, num movimento unilateral, de dentro pra fora. É a modalidade iniciadora, que busca alterar o que se encontra lá fora e que pretende determinar uma nova direção. A palavra Cardinal significa fundamental, o que é bem condizente com a natureza dos signos cardinais, Áries, Câncer, Libra e Capricórnio, signos que demarcam o início das estações, a manifestação mais simples e básica de uma nova energia.






- Modalidade Fixa: Representa o impulso de manutenção, num movimento centrípeto, concentrado, de forma grave, pesada e insistente. É a garantia da existência do que foi iniciado no estágio cardinal precedente, e é também a energia que impede a manifestação de qualquer outro início. É também um impulso de desenvolvimento, de crescimento, de aquisição e também de estratificação e inércia. Os signos fixos são Touro, Leão, Escorpião e Aquário.








- Modalidade Mutável: Como o próprio nome sugere, representa o impulso de mudança, uma postura multilateral e dispersa, uma movimentação variável, errática e volúvel. Representa ausência de posição e busca por nova direção. É o impulso de sair da estagnação e se expandir de forma etérea e volátil, sem uma direção definida. Este movimento conclui o que fora iniciado na fase cardinal precedente, e abre caminho para uma próxima ação cardinal. Os signos mutáveis são Gêmeos, Virgem, Sagitário e Peixes.







Da mesma forma que existe uma sucessão entre signos positivos e negativos no zodíaco, signos cardinais, fixos e mutáveis também se sucedem obedecendo exatamente a esta ordem. Há o que podemos chamar de uma relação “hierárquica” bem explícita entre as três modalidades, baseada na lógica da sucessão.

O cardinal substitui o mutável, portanto não é incoerente afirmar que entre o cardeal e o mutável, haverá vantagem para o cardeal. A existência do cardinal impede a manifestação da mutabilidade, uma vez que o mutável representa a dispersão e o cardinal representa a energia que se concentra em uma direção definida.

O fixo substitui o cardinal, é quem invalida sua existência por concentrar a ação no modo previamente definido. A insistente permanência da energia fixa funciona como barreira para qualquer tipo de investida cardinal.

Finalmente é o mutável quem substitui o fixo, por não insistir em um modo de ação, mas por promover a não-ação e a dispersão das energias, o que anula o sentido da modalidade fixa que luta pela permanência.

Comentários
1 Comentários

1 comentários:

Anônimo disse...

Acredito que eu sou pura e simplesmente o que diz meu mapa astral. Sou de virgem com ascend. capricornio, descend. câncer, lua em peixes e M.C. em libra e esse excesso de signos cardeais me faz mto impulsiva. Por isso nunca consegui ficar com um namorado por mais de 3 meses! :p
Excelente blog

Postar um comentário

 

Mega Astrologia Copyright © 2008-2015