terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Fogo



O fogo seria mais associável ao conceito de estado plasmático da matéria, de energia pura. Eletricidade, magnetismo, radiação, calor e luz servem para exemplificar bem este elemento. Muitas tradições o colocam como o mais essencial dos elementos, junto com a água. De fato, pra astrologia o fogo tem essa característica de ser a energia vital e iniciadora, mas a título de esclarecimento, não é verdadeiro quando se afirma que o fogo seria o elemento mais importante, ou que o fogo seria um elemento superior, apesar de o fogo simbolizar justamente este sentimento de ser superior, de ser imprescindível.

É o princípio masculino fundamental. Podemos afirmar que, dentre os elementos positivos, o fogo seria o duplamente positivo, enquanto que o ar seria uma energia positiva, mas com traços mais negativos, já que o ar é quente (positivo), mas ao mesmo tempo é úmido, sendo a umidade o caráter da plasticidade e da adaptabilidade. O fogo seria, portanto a energia quente e seca e representa a agressividade, o otimismo, a imposição, a criatividade e a assertividade. É árido e áspero, mas ao mesmo tempo é a energia essencial para a existência da vida, seria o chamado “sopro vital”. Em excesso é a mais destrutiva dentre as manifestações energéticas.



Com o ar o fogo tem em comum a energia positiva e masculina. Com a terra, tem em comum o aspecto seco, áspero. Com a água o fogo tem em comum o caráter instintivo e passional, proveniente do fato destes dois elementos compartilharem as regências de Marte e Júpiter, além de serem regentes dos luminares: Sol (leão) e a Lua (câncer). Para a astrologia tradicional, o fogo está associado ao temperamento colérico e ao humor conhecido como “bile amarela”.

Áries é a manifestação cardinal do fogo, é a sua manifestação mais essencial e agressiva. É o grande iniciador do zodíaco, juntando a energia positiva, criativa e agressiva do fogo com a cardinalidade, que consiste em dar uma direção ao que é disperso, é a energia da liderança. Um vulcão em erupção ou uma descarga elétrica que cai dos céus são perfeitos pra simbolizar o fogo em sua manifestação Cardeal.



Leão é a manifestação fixa do elemento fogo, é a concentração da energia positiva, agressiva, criativa em algo denso e contínuo. A luz, que sempre parte de alguma fonte de energia concentrada, é a conseqüência direta do fogo fixo, é a metáfora perfeita para simbolizar o signo de Leão.



Sagitário representa o fogo em sua manifestação dispersa, a combinação do fogo com a mutabilidade. Uma bomba que explode liberando energia destrutiva em todas as direções, ou o fogo oriundo da combustão que consome indefinidamente até esgotar o combustível. Sagitário tem essa característica do exagero, do consumo indefinido até a extinção dos recursos.

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

 

Mega Astrologia Copyright © 2008-2015