terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Ar





O ar é o elemento do etéreo, do intocável. Está relacionado com as manifestações gasosas da matéria. É o mais leve, mais rápido e mais refinado dentre os elementos. É associado ao pensamento e a comunicação, além dos relacionamentos. No ar o que impera é a lógica e o poder imparcial da razão.



Nenhum elemento representa melhor a liberdade, em sua absoluta leveza e impossibilidade de ser tocável ou mensurável, e sua plasticidade e inconstância. É um elemento positivo (quente), assim como o fogo, mas é um elemento úmido. Significa dizer que o caráter violento do fogo não esta presente no ar. Ele é adaptável ao meio, afável, brando. Os elementos úmidos (ar e água) buscam o acordo e por este motivo não tem forma definida e não procuram agir pela imposição. 



Mas apesar de não agir como o fogo, o pensamento figurado pelo elemento ar é tão ou mais penetrante do que este, e agirá de forma dissimulada, mas mesmo assim ativa: Ele não vai impor uma posição, mas tentará convencer a que se adote a sua posição. Por este motivo o ar representa tudo o que é belo e agradável. O ar e o fogo guardam em comum o fato de serem elementos quentes (positivos, diurnos, masculinos, etc.). Com a água, o ar tem em comum a umidade. E com a terra, o elo de ligação é racionalidade, oriunda do compartilhamento das regências sobres os planetas Mercúrio, Vênus e Saturno. Para a astrologia tradicional, o ar está relacionado ao temperamento sanguíneo e ao humor conhecido como “sangue”. 



O ar em sua manifestação cardinal está representado pelo signo de Libra, signo da busca pela equanimidade nos relacionamentos. O vento que sopra em uma direção definida, procurando dirigir o ar para uma determinada direção, penetrando em todos os obstáculos e arrastando consigo tudo o que não tiver peso o suficiente me parece ser a metáfora perfeita para Libra. 



A manifestação fixa do elemento ar é Aquário, signo que simboliza a anulação do ego e a supremacia da Liberdade. O vento que vem de diferentes direções e se concentra em um único ponto é a figura do tornado, metáfora ideal pra se representar Aquário. As manifestações outrora cardinais tornam-se um movimento fixo e centrípeto da espiral que caracteriza os tornados na natureza.



Gêmeos é o elemento ar em sua manifestação mutável. É o primeiro signo a figurar no zodíaco do elemento ar, é, portanto a mais essencial e fidedigna manifestação deste elemento. Gêmeos, em essência é a comunicação, o intercâmbio e a experimentação. O signo de Gêmeos vai além de Aquário, é liberdade total, é uma liberdade que apenas é, que não se impõe, que não precisa ser construída nem alicerçada por nada. O ar sem movimento, “ao léu”, sem um direcionamento, a atmosfera que circunda a tudo e a todos é a metáfora perfeita pra se falar de gêmeos. Esta em todos os lugares, mas aparentemente não está em lugar nenhum.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

 

Mega Astrologia Copyright © 2008-2015