sábado, 8 de novembro de 2008

Libra



Em Libra descobrimos que não estamos sós, que não existe somente um “Áries” no mundo, mas que de maneira simultânea ao nosso desenvolvimento, outros sistemas, ou indivíduos, ou células, enfim, percebemos que outros também existem e estão a se desenvolver. Aqui Áries perde a razão de ser: tomamos consciência de que na verdade o mundo é muito mais vasto, e que nós compomos uma coletividade. Quando tomamos coragem para encarar estes outros, travar contato, ingressar num sistema social, deixamos de ser virgem e nos tornamos Libra.



Então Libra é a consciência do outro, e a partir de agora as ações são baseadas nas conseqüências que elas podem ter para as relações que estamos construindo. A preocupação com a boa imagem e com posturas imparciais se torna importante, mas à medida que vamos explorando o universo da coletividade percebemos que existem aliados, que o são por afinidade de objetivos, e adversários, que o são por choque de objetivos. Em Libra nos tornamos equilibristas para conviver com o desafeto tão bem quanto convivemos com o aliado. Tornamos-nos maleáveis, vestimos máscaras, deslizamos musical e harmonicamente, na medida do possível, sempre na tentativa de evitar o conflito.



Libra parece ser uma repetição de gêmeos, mas na verdade Libra é uma versão sofisticada do signo mutável. Em gêmeos ainda não sabemos o que somos, ou quem somos. Isso só se torna claro no estágio leonino. E o princípio para que possamos identificar o outro é que tenhamos a capacidade de identificar a nós mesmos, e gêmeos representa um estágio onde ainda estamos buscando este conhecimento. Em gêmeos caminhamos por um mundo completamente desconhecido, é uma fase estritamente exploratória. Quando chegamos em Libra nós já nos conhecemos, e também estamos cientes dos nossos objetivos. A exploração no estágio libriano não se resume a mera curiosidade, em Libra nós buscamos aliados e modelos, que possam de alguma maneira nos ajudar na continuação do nosso próprio desenvolvimento rumo ao estágio máximo.




Libra também se revela uma oportunidade de expressão para leão. Em Libra nós expomos aquilo que existe de melhor em nós mesmo (e somente isso), encontramos um palco para a expressão do nosso leão interior. Qual o sentido de ser algo quando estamos sozinhos? Em Libra, nós descobrimos que, afinal de contas, se nós somos algo, nós o somos para o outro.




Em Libra nós nos relacionamos; comparamos-nos com o outro e damos continuidade ao nosso desenvolvimento. Mas à medida que exploramos o universo das relações, percebemos que em algum momento teremos de abandonar a máscara da boa convivência, que não conseguiremos agradar simultaneamente a duas facções opostas: Teremos de escolher um lado! Abandonar a conduta leviana e mergulhar de cabeça em apenas um dos extremos, um dos partidos e encarar as conseqüências disso. Uma vez escolhido o lado, ingressamos nos domínios de escorpião.

Comentários
8 Comentários

8 comentários:

zi on 9 de novembro de 2008 09:52 disse...

yO bem estar do Libriano reside no fato de que ele mesmo promoveu a cooperação,
ele rapidamente olha os dois lados,não se preocupa com o SIM e o NÃO,
o CERTO e o ERRADO,
volta-se para uma compreensão aonde exista um terceiro estado:aquele aonde ele compreende de forma mais ampla OS DOIS LADOS..aqui não existirá aprisionamentos,analisa sobre um outro ãngulo assim,LIBERTA-SE!.
Realiza-se...
tentando se livrar dos conceitos e preconceitos:o Libriano se não consegue ,
vive tentando...!.
O Sol em Libra,o primeiro signo do outono,ativo ,masculino,essência vital sociável,talento diplomático.
Por ter uma natureza central pacífica e por isso ,nem sempre é compreendido,sua natureza maleável as vezes é confundida com a de um covarde!
Lua em Libra refina-se se estiver bem posicionada promove a harmonia nos ambientes mais conflitantes!
Mercúrio em Libra não pede ,não impõe, sugere,essa posição secundária nem sempre é desfavorável,Libra está disposto a retirar-se” quando as palavras acabarem!”
Mas Libra precisa compreender que” a polidez não deve dar lugar aos seus pontos de vista e a diferença de opiniões não deve ser descartada por pura amabilidade”!....enfrentar os caminhos também mais difíceis,envolver-se explorar-se,ferir-se e ferir!saber ir e saber voltar!
Marte em Libra exilado:Defende-se com nobreza!...esse Marte que não serve senão para promover a PAZ,e nunca para ganhar dinheiro,essa posição não lhe dará essa fama nem prestígio!Lástima.

Vênus em Libra.....transformará o amor no mais lindo,e se de tudo não conseguir,um amor numa amizade
Júpiter em Libra,exalta sua vontade pela justiça e harmonia,sua fé voltada para benefícios do outro,mas Libra precisa tomar cuidado,pois é vulnerável as questões relativas a JUSTIÇA E INJUSTIÇA:é preciso que sua Fé esteja firmemente sedimentada!
Saturno em Libra,bem posicionado,demonstrará grande senso de obrigação e responsabilidade num relacionamento.

Libra na sua busca pela Paz,pelo acordo ,pela conciliação precisa de todos!
...precisa de Áries,por exemplo,para aprender a ver O SEU LADO, e defende-lo, para não se acomodar e tomar decisões que lhe favoreça,
precisa das decisões práticas do Capricorniano,
do julgamento prático do Virginiano,porque ele pode se perder em sua meta preocupado com os outros!
O Alicerce do Libriano .... é o outro.Esse signo pode estimular o impulso para se envolver e dialogar.
Tem qualidades para desenvolver a objetividade imparcial,sucesso de ver as coisas sem paixões ,sem partidarismos,sem procurar ferir, e sim entender o OUTRO;são as tentativas do Libriano.
Tolerante,mas ineficaz as vezes,Libra quer se expressar,quer agradar,mas precisa tomar cuidado para não se deixar magoar,precisa reagir,
Precisa aprender rápido com Aquário a sustentar firme as suas opiniões sem se importar com a prisão do convencionalismo.
Por ser um signo de AR,voltado pro exterior ,
precisa aquietar-se e olhar para Peixes aonde poderá aprofundar sua natureza emocional,e porque não uma percepção espiritual da sua vida interior.
Libra chora quando nada consegue em favor de um bom relacionamento: precisa da certeza de que todos estão bem!
Irremediavelmente Libra precisa de todos!..mas está feliz com isso uma vez que estará rodeado de tudo o que precisa:O OUTRO.
Governado por Vênus,receptivo,amoroso, precisa desenvolver as qualidades estéticas e refinadas a que lhe foi dado o direito,para que sua alma tenha PAZ!

Christiano Scheiner on 24 de abril de 2009 04:21 disse...

Elias, tenho a mãe em libra, meu irmão adorado em libra, amigos em libra de montão, e normalmente são de libra quem "se interessa" por mim, em todos os casos, o que vejo é justamente o seguinte: eles se afastam do mundo! se isolam? e normalmente quando sentem alguma dor profunda, marcada, estou errado. tento, por exemplo, aconchego com mi madre e meu irmão, mas eu tenho que correr até eles... não consigo entender esse "platonismo cético" (contraditóri, não?) de libra. ;)
mas o teu texto aqui fala da relação, desse poder de ver o todo e as relaçoes: parece que algo neles também os impele ao isolamento velado. não sei.
me fez pensar nisso. abração.

Elias Mendes on 25 de abril de 2009 01:48 disse...

christiano ...Libra é regido tanto por vênus, planeta que fala do amor, do prazer, da beleza e dos relacionamentos ...como também é regido por saturno, o planeta da dor, da angústia, das restrições, dos aspectos ásperos da vida. o resultado da mescla desses dois fatores é um temperamento doce, afável, que busca o contato e que se cobra ao mesmo tempo. Libra representa tb as normas sociais, etiqueta e toda a parafernália inútil do bom convívio. Marte e sol são infelizes nesse signo. Assim, como todo libriano é libriano por ter o sol em Libra, consequentemente tem o sol em sua queda. Sol é o que tem importancia pra gente, é onde colocamos o foco da nossa vida. ter sol em signos de fogo é sempre ótimo, porque o foco vai ser o eu. No caso de libra, o foco acaba sendo o outro. O eu só tem razão de existir em comparação a um outro, em relação a um outro. o que ocorre é uma fuga de si mesmo , e no fundo o outro não tem uma impotância pq esse outro acaba existindo apenas para confirmar a existência do eu libriano. é um egoísmo que surge naturalmente a partir do não-egoísmo ...

Christiano Scheiner on 25 de abril de 2009 13:40 disse...

Elias... realmente é contraditório, mas com a tua explicação facilitou muito meu entendimento. Hoje é o dia do Amor, então me dedicarei aos librianos da minha vida ;)
e assim que li seu comentário pus-me eu a ligar pra mama e falar com meu irmão que citei. O teu texto me re-Abriu a eles novamente (eu como geminiano abro e fecho também em relação a eles). Ah, obrigado, eu não sou de escrever destas coisas nem ser meloso nas palavras, mas enfim. Agora, das passionalidades talvez mesmo o outro, no caso, eu, já percebi dessa não-importância, sobretudo quando eu mesmo crio a minha imagem sólida em que eles não podem se relacionar comigo... ufa! não é terapia, nem desabafo, é agradecimento à ti.
;)
já coloquei teu link no meu espaço virtual na parte dos 10!
Vê se tu não concorda comigo: Aries, Gemeos, Leão, Libra, Sagitário e Aquario formam 6 guerreiros, não?! Pelo que te li há uma certa "evolução" entre eles.
enfim... abraço cordial e sigiloso.

Elias Mendes on 26 de abril de 2009 04:50 disse...

É verdade Christiano, de certa forma o que move a roda da vida é a energia desses 6 signos que você citou. Esses são os signos positivos, eles tem sempre a ver com ação, é algo decidido, assertivo, expansivo etc. é o impulso que gira a roda. Os signos negativos, por outro lado,são os que dão rítmo a esta roda, os que mantem ela estabilizada, os que fazem com que ela não sai do controle, porque eles intorrompem o movimento, representam uma anergia passiva de contração. E assim a vida vai pulsando, Hora saturno esta num signo positivo, hora num signo negativo. Hora vemos fartura, hora vemos a seca. Em todos os aspectos da nossa vida, nos mais variáveis níveis esse fluxo é sempre assim.

Nesse momento estamos com saturno num signo negativo, desde setembro de 2007. é então um momento onde predomina a energia negativa, da contração. Mas ja em final de Outubro deste ano saturno entra em Libra, viveremos novo momento de ação que vai durar até 2012, até ele ser interrompido com a entrada de saturno em escorpião que traz nova retração...e é assim for ever rsrsr

agradeço por ter me linkado, vou retibuir o link também!

Danielle on 11 de outubro de 2009 16:18 disse...

Em Libra, nós descobrimos que, afinal de contas, se nós somos algo, nós o somos para o outro.

Tenho ascendente libra e me identifico muito. Adorei o texto,como sempre.
Cadê o texto de leão ascendente libra? rs
beijos

Edson Coelho on 30 de dezembro de 2009 22:38 disse...

Olá, conheci seu blog faz pouco tempo e estou gostando muito. São textos mais completos e sérios que muitos de astrologia por aí, que são super básicos.
Bem... sou libriano. Librianíssimo até. Realmente, projeto muito de mim no outro. E os sentimentos podem ser positivos ou negativos.
Eu sou mesmo todo certinho, organizado, daqueles que chegam em casa e já vão abaixando o volume da Tv rs. São uns detalhes chatinhos que fazem a diferença pra mim.
Sei que aceitar as extremas diferenças pra mim não é fácil. Não acho tão simples ser imparcial. Um exemplo banal, por mais que às vezes eu ache que o tipo de música que gosto é melhor que o do fulano, eu não demonstro isso de forma autoritária, mas respeito totalmente a opinião do outro (por mais que a minha escolha seja a melhor e eu um tanto irredutível).
Agora nao entendi bem... Saturno também rege Libra? Assim como Vênus ou só numa ocasião muito específica? Pois acho que tenho muito de Saturno...

Abraço.

Anônimo disse...

Libra Rules! Eu amo Libra !*---------* bando de falsos mas eu amo e acho que são frescas e cheias de etiqueta é Cancer!

Postar um comentário

 

Mega Astrologia Copyright © 2008-2015