terça-feira, 1 de julho de 2008

Sol em Câncer




Neste signo o foco individual será colocado na questão de se ter base, raízes, fundamentos: sem isso o senso de identidade da pessoa está muito comprometido. Ela não se importa tanto assim em ser, ter, se expressar, ela prefere estar enraizada, ter um norte para a sua vida e seu foco vai ser direcionado também para suas origens e para seus familiares. Vai se importar bastante com o passado e os relacionamentos emocionais também serão encarados com bastante intensidade. Ter um lar, um chão, um espaço seu é fundamental.

O temperamento da pessoa a leva a ser protetora, territorialista, reativa e o “nepotismo” tende a ser marcante: o valor dos outros não será medido a partir de quem esses outros são, ou o que eles têm ou quem eles conhecem: tudo será baseado no grau de proximidade, já que a pessoa não consegue lidar com o que lhe é alienígena, preferirá sempre aquilo que já lhe é próximo. Emotiva, frágil e insegura, a pessoa será sempre voltada para as coisas que são capazes de lhe confortar e lhe trazer a segurança, daí a necessidade de bases e o apego ao que já é conhecido.

A pessoa é instável, muda com facilidade especialmente no que diz respeito ao seu humor. Os nascidos no hemisfério norte (verão) são mais agressivos, autoritários e com mais espírito de liderança. Os nascidos no hemisfério sul (inverno) tendem a ser mais emotivos, instáveis e subjetivos. Os cancerianos que nascem na Lua nova são mais alegres e dinâmicos, sociáveis e menos tímidos (os que tem lua em leão e virgem, e a lua em câncer ou libra dependendo do grau). Os cancerianos que nascem na lua crescente são invasivos, agressivos e autoritários (todos os que tem lua em escorpião e sagitário, a lua em libra e em Capricórnio pode ser crescente a depender do grau). Os cancerianos da Lua cheia são mais sérios e melancólicos, pragmáticos, práticos e estáveis (A lua em aquário e a lua em peixes, assim como a lua em Capricórnio e a lua em Áries a depender do grau). Os cancerianos da lua minguante são os mais típicos, sendo instáveis, emotivos e mais inseguros (A lua em Touro e em Gêmeos, assim como a lua em Áries e em Câncer a depender do grau).  
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

Marianna on 5 de janeiro de 2014 11:45 disse...

Sou canceriana de lua cheia (aquário), e só depois de mais de um quarto de vida consegui ver meu lado canceriano. Para mim, ter um chão é realmente fundamental... Um teto sobre a cabeça não é nem nunca será o suficiente. Preciso de um "lar" com meus livros, meus discos, minhas plantas, meu sofá. Um pedaço do mundo para o qual eu possa retornar e me sinta protegida, acolhida e amparada.
Ter ascendente em sagitário e lua em aquário torna muito difícil visualizar esse lado canceriano... só com a idade a gente descobre.

Marianna on 5 de janeiro de 2014 11:58 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

Postar um comentário

 

Mega Astrologia Copyright © 2008-2015